Privacidade no Windows 11 – Isso a Microsoft não discutiu

Privacidade no Windows 11 – Isso a Microsoft não discutiu: Uma coisa que a Microsoft não discutiu: Privacidade no Windows 11 – Sem nenhuma menção de privacidade, a Microsoft tem algumas explicações a dar.

Privacidade no Windows 11

Um dos recentes e mais interessantes pivots de marketing que a Apple tem feito nos últimos anos tem sido bater o tambor sobre privacidade. Não sou ingênuo o suficiente para pensar que a Apple realmente se importa com a privacidade de seus clientes, mas é uma ferramenta de marketing incrivelmente poderosa de qualquer maneira.

Ao atacar os modelos de negócios e as ferramentas de privacidade de alto nível no iOS, a Apple se aproveita do medo das pessoas de que o Android não seja seguro e não seja privado. Por procuração, a Apple alega que o iOS e o iPhone são a solução, contra um pano de fundo de empresas como o Facebook, que jogam rápido e solto com os dados dos clientes.

Mesmo que a Apple esteja explorando os medos por razões cínicas, os resultados finais para o usuário ainda são uma coisa boa. Em nosso mundo fortemente conectado, muito vigiado, a ansiedade sobre o governo e o grande alcance da tecnologia está em um campo de febre. E a Microsoft tem cada vez mais caído no lado errado deste argumento.

No evento do Windows 11 de ontem, a Microsoft teve a oportunidade de atender a algumas dessas preocupações, fundadas ou não. No entanto, ela optou por não fazê-lo. medida que mais e mais de nós tomamos consciência de como nossos dados estão sendo usados e abusados, o departamento de marketing da Microsoft efetivamente deu à Apple outra ferramenta para atacar o Windows.

Aplicativos Android, contas forçadas da Microsoft, telemetria, oh meu

Aplicativos Android, contas forçadas da Microsoft, telemetria, oh meu
Source: Microsoft – Aplicativos Android, contas forçadas da Microsoft, telemetria, oh meu

Percebo que estou brincando com as mensagens da Apple ao escrever este artigo, mas para o usuário médio preocupado com a privacidade, há muitas razões para já estar cético em relação ao Windows 11 (Privacidade no Windows 11).

A Microsoft já foi muito criticada pela quantidade de dados que o Windows 10 transmite à empresa, e parece que o Windows 11 vai continuar a tendência.

No blog do Windows 11 da Microsoft, a palavra “privacidade” não aparece uma única vez na copy muito menos Privacidade no Windows 11, o que não é exatamente um bom presságio para o envio de mensagens. O Windows 11 obrigará os usuários a usar uma conta Microsoft em sua Home Edition gratuita, que já fala de um modelo de negócio onde seus dados são o mecanismo de monetização.

Mesmo que você esteja usando a melhor VPN do mundo, isso não vai exatamente proteger seus dados de ir diretamente para a Microsoft se você estiver conectado. A Apple tem se empenhado em destacar como serviços “gratuitos” como o Facebook são gratuitos somente porque você é o produto que está sendo vendido, e o Windows 11 não faz nada para afastar esses medos.

A Microsoft também está recrutando outra gigante tecnológica duvidosa, a Amazon, para trazer aplicativos Android para o Windows 11. A Amazon já está sob forte escrutínio pela maneira como trata seus trabalhadores, entre outras coisas, mas combinar isto com o Android acrescenta outra camada de preocupação.

O Android é frequentemente pintado como uma plataforma insegura e de privacidade atraente. Verdadeiro ou não, a perspectiva de um subsistema Android com a fronte da Amazônia no Windows 11 compõe os receios de dados.

A Amazon vai começar a usar meus hábitos do Windows 11 e meu histórico de navegação para direcionar anúncios psicologicamente exploradores para mim? A instalação do TikTok no Windows 11 dará a ele acesso ao meu sistema de arquivos e contatos?

Será que a integração das equipes da Microsoft será usada para construir um perfil sobre mim e meus amigos? Pode parecer paranoico, mas estas são questões legítimas que a Microsoft ainda não abordou.

Você só precisa pular em qualquer linha aleatória do Twitter ou Reddit para encontrar exemplos de pessoas preocupadas com o Windows 11 em um contexto de privacidade. Se os medos são infundados, a Microsoft não tem feito um bom trabalho de interpretação dos mesmos. Mas é isso mesmo – os medos são fundados?

Será que as ferramentas de privacidade do Windows 11 vão longe o suficiente?

Como o Windows 11 exigirá essencialmente uma conta da Microsoft para a maioria dos usuários, a coleta de dados é parte do pacote. A Microsoft sempre diz que isto é para melhorar a experiência do usuário e, à primeira vista, isso certamente parece ser verdade mas afeta muito a Privacidade no Windows 11 para o usuário.

No Windows 11, você poderá continuar editando arquivos em nuvem por sua seção “Recomendado” no novo menu Iniciar.

Seu histórico de navegação sincronizará entre Edge no PC e Edge no celular, como já faz. Suas conversas no Skype e nas Equipes também serão sincronizadas como você esperaria, e seus recursos do Windows 11 migrarão para novos PCs se você atualizar.

A Microsoft fornece um painel de privacidade em seu website de conta para ajudá-lo a gerenciar sua pesquisa e o histórico do navegador, bem como as informações que Cortana tem sobre você (para as três pessoas que realmente o utilizam). Você pode limpar seu histórico de localização, e gerenciar seus dados de aplicação também.

Uma coisa que a Microsoft não discutiu: Privacidade no Windows 11
Source: Microsoft

Eu diria que este painel não vai suficientemente longe em termos de deixar você administrar todas as suas configurações de privacidade a partir de um único lugar. Algumas delas têm de ser alternadas usando o menu de configurações do Windows 10, e não podem ser bloqueadas através do painel de privacidade da web.

Pesquisando cada configuração individual para descobrir quais configurações de privacidade fazem o que é relativamente complicado, e a seção de privacidade no menu de configurações do Windows 10 não inclui nem mesmo tudo o que você precisaria para gerenciá-la adequadamente.

Uma grande quantidade de recursos e aplicativos no Windows 10 já disca para Redmond, alimentando dados de diagnóstico e outras informações para a empresa. Já escrevi antes sobre como a telemetria sobre QA antiquada sugou o toque humano das práticas de design da Microsoft, mas isso é outro assunto inteiramente diferente.

A coleta desses dados pela Microsoft é justificada? É realmente necessária? Será que melhora a experiência do usuário final? Em caso afirmativo, como? Caso contrário, parece mais inchaço que pode ser usado para fins de marketing.

Um cenário Digital em Mudança

O Windows 11, de certa forma, é o sistema operacional anti-Apple.

A Microsoft usou palavras como “democratização” e “soberania do criador” para descrever sua abordagem do desenvolvimento na plataforma.

A Microsoft vai tirar um corte sem precedentes de 0% de sua loja de aplicativos para empresas que trazem seus próprios veículos de monetização, ao mesmo tempo em que iguala os 12% da Epic Game Store, líder da indústria de jogos, tudo isso sem pensar na Privacidade no Windows 11.

No iOS, a Apple recebe um corte bastante grande de seus criadores e desenvolvedores, além de suas já lucrativas margens de hardware.

A defesa da privacidade deve ser a posição padrão, especialmente em um mundo onde empresas como o Facebook falharam deliberadamente repetidamente na proteção de dados de clientes.

A Apple grita sobre privacidade para pintar-se como uma espécie de herói, mas a forma como ela fixa o preço de seus dispositivos, aplica seletivamente suas regras de monetização e abafa a concorrência proibindo serviços como o Xbox Game Pass, que falam em oposição.

Se a Apple está explorando cinicamente os medos de privacidade para marketing ou não, é irrelevante: A defesa da privacidade deve ser a posição padrão, especialmente em um mundo onde empresas como o Facebook falharam deliberadamente repetidamente em proteger os dados dos clientes, com o mínimo de penalidades ou consequências na contra mão da Privacidade no Windows 11.

A Microsoft e a Apple devem estar lado a lado em matéria de privacidade. Eu acho que a incapacidade da Microsoft de abordar a privacidade ontem foi ou preocupantemente surda, ou preocupantemente intencional.

Se eu fosse o departamento de marketing da Microsoft, eu daria uma olhada em como abordar esta preocupação potencial antes que a Apple ou outros concorrentes começassem a explorá-la antes mesmo de o Windows 11 ter a chance de sair do portão.

Em um nível pessoal, estou completamente apático às questões de privacidade neste ponto. Tenho usado todos esses aplicativos e serviços por anos, a ponto de ter acabado de sonambular para a aceitação de uma vida sem privacidade digital.

Não tenho realmente nada a esconder, mas até certo ponto isso não tem nada a ver com o ponto – é uma questão moral, de direitos humanos.

Mais Informações sobre o Microsoft Windows 11 na Internet

Microsoft OS

  • Download Windows 11 – Microsoft
    • Baixe o Windows 11. Há três opções abaixo para instalar ou criar a mídia do Windows 11. Confira cada uma delas para determinar a melhor opção para você.
  • Verificador de Compatibilidade Windows 11 
    • Descubra o novo sistema operacional Windows 11. Explore as funcionalidades do Windows 11, consulte a compatibilidade de dispositivos e saiba como atualizar

Do mesmo Autor

Relacionados

Advertismentspot_img

Últimos Artigos

Privacidade no Windows 11 – Isso a Microsoft não discutiu

Privacidade no Windows 11 - Isso a Microsoft não discutiu: Uma coisa que a Microsoft não discutiu: Privacidade no Windows 11 - Sem nenhuma...

Mozilla diz que a Última Característica do Chrome 94 permite a Vigilância

Mozilla diz que a Última Característica do Chrome 94 permite a Vigilância: O cromo 94 caiu oficialmente. Como sempre acontece com uma nova versão do...

O WordPress usa cookies? LGPD

O WordPress usa cookies? Cookies são pequenos arquivos de texto que são armazenados em um dispositivo do usuário quando ele visita um site. Eles...

Quer se manter atualizado com as últimas notícias?

Gostaríamos muito de ouvir de você! Por favor, preencha seus dados e nós nos manteremos em contato. É muito simples!